O que são as 3 linhas de Defesa?

Entenda o modelo de Governança Corporativa criado na Europa 

As 3 linhas de defesa são um modelo de Governança Corporativa nascido na Europa em 2011, ao longo do tempo esse modelo ganhou grande notoriedade por sua eficácia, chegando ao Brasil em 2013.

No Brasil esse modelo é amplamente utilizado por representar as melhores práticas de Governança Corporativa. 

Nas palavras dos criadores do modelo, “O modelo de Três Linhas de Defesa é uma forma simples e eficaz de melhorar a comunicação do gerenciamento de riscos e controle por meio do esclarecimento dos papéis e responsabilidades essenciais”.

Dessa forma, as 3 linhas de defesa devem permear toda a organização e as chaves para o seu sucesso são: transparência, responsabilidade e o claro entendimento do modelo. 

Vamos então às três linhas de defesa. 

Modelo de governança corporativa 3 linhas de defesa.

Veja também:

Primeira linha de defesa

A primeira linha existe para defender a empresa contra as fragilidades que ela pode possuir.

Assim, essa é uma linha operacional responsável por conter, identificar e controlar riscos, bem como é essa linha de defesa que implementa controles internos.

Essa linha reporta diretamente para a alta gestão da empresa.

Segunda linha de defesa

A segunda linha é composta por profissionais que apoiam a primeira linha de defesa.

Aqui temos os profissionais que fornecem conhecimento e ferramentas para ajudar na governança corporativa.

Nesse ponto falamos de especialistas em controles internos, de profissionais em gestão de riscos e processos, compliance e outros profissionais de apoio.

Assim, a segunda linha apoia a primeira e garante o desenvolvimento de seu trabalho, apoiando e buscando conformidade na aplicação de políticas e riscos. 

Por isso, essa linha reporta diretamente para a alta gestão. 

Terceira linha de defesa

Essa linha diz respeito a auditoria interna, é essa área que faz avaliações independentes das outras duas linhas de defesa e então reportam para os órgãos de governança e gestão.

O resultado da auditoria é identificar os pontos de melhoria.

Vemos que todas as 3 linhas se relacionam e permeiam toda a organização e que para que se tenha o sucesso é importante que cada membro de cada linha de defesa entenda exatamente as suas reponsabilidades, evitando, assim, a sobreposição de atividades! 

Por fim, as 3 linhas de defesa podem ser implementadas por todas as organizações e são um ótimo caminho para elevar a governança corporativa. 

Quer ler mais matérias sobre:

Voltar ao topo

Agende uma demonstração Grátis

Informe seus dados e aguarde um retorno de nosso especialista.

Agende uma demonstração Grátis

Informe seus dados e aguarde um retorno de nosso especialista.