5 Dicas para fazer da Entrevista Demissional uma Ferramenta de Compliance

Durante a pandemia, muitas empresas infelizmente tiveram que reduzir seu quadro de funcionários, além disso, sabemos que a entrevista demissional faz parte da realidade empresarial.

Sendo assim, trouxemos dicas de como transformar a entrevista demissional em uma ferramenta para o setor de compliance

imagem: pexels

Veja também:

1 – Aplicação voluntária

É importante que o entrevistado participe por vontade própria, ele não deve ser obrigado a participar ou participar esperando algo em troca.

Para a entrevista ter um bom resultado é essencial que a participação seja totalmente voluntária.

2 – Convide demitidos e aqueles que pediram demissão

Diversas empresas acreditam que não é necessário ouvir o colaborador, pois já conhecem os motivos de sua saída.

Mas não podemos desconsiderar de forma alguma a entrevista desse colaborador,.

Ele pode ter uma visão importante de fatos que aconteceram dentro da empresa.

Além disso, pode ter testemunhado casos como fraudes e assédios, informações valiosas para o setor de compliance.

3 – Não aplique a entrevista demissional imediatamente

O processo de demissão é desgastante emocionalmente, por isso é fundamental esperar um tempo antes de aplicar a entrevista.

É essencial dar um tempo para as emoções se acalmarem, de forma que o colaborador passará a ter uma visão mais racional da situação.

Uma entrevista aplicada logo após a demissão tende a trazer um exagero e dramatização das situações por parte do colaborador.

4 – Faça perguntas abertas

Faça perguntas abertas aos colaboradores entrevistados, ou seja, de respostas livres.

Evite perguntas em múltipla escolha, pois essas podem impossibilitar um relato completo do que os colaboradores desejam falar.

5 – Lembre-se que é uma situação emocionalmente pesada

Lembre-se de que a entrevista demissional é carregada de emoções, que podem as vezes deixar nosso lado racional um pouco mais “turvo”, tendendo a dramatizar algumas situações.

Assim, não tome como verdade absoluta o que lhe foi relato, mas investigue internamente situações que forem significantes para o compliance.

O procedimento aqui deve ser o mesmo levado para investigações de denúncias. 

Temos certeza que com essas 5 dicas você pode fazer da entrevista demissional uma verdadeira ferramenta para o Programa de Compliance da sua empresa!

Quer ler mais matérias sobre:

Voltar ao topo

Agende uma demonstração Grátis

Informe seus dados e aguarde um retorno de nosso especialista.

Agende uma demonstração Grátis

Informe seus dados e aguarde um retorno de nosso especialista.